COMO AVALIAR O GRAU DE SUSTENTABILIDADE DO MEU PEQUENO NEGÓCIO, EMPRESA OU ATIVIDADE DIVERSA?

Essa é uma pergunta bastante pertinente, contudo, não é uma tarefa fácil responde-la com segurança, principalmente para quem não é da área ambiental. Este texto traz alguns itens que podem ser observados na tentativa de nos elucidar tranquilidade ou preocupação no âmbito ambiental com relação ao desenvolvimento de nossa atividade.

O Brasil é de longe o País no mundo, com maior número de Leis, Decretos, Resoluções, entre outros, pertinente a questão ambiental. Se isso é bom ou ruim falaremos em outro momento. Por hora, é importante ressaltar que esse fato reflete diretamente na forma como nos relacionamos com o meio ambiente, pois precisamos diferenciar o que é legal e o que é moral. Com tantas leis sendo aplicadas de diferentes formas, fica difícil de atender na integra muitas exigências.  Algumas coisas são obvias e de conhecimento de todos, como por exemplo não jogar resíduo (lixo) no chão, não destruir a natureza, não poluir o solo a água entre outros deste gênero. Atender integralmente a legislação ambiental não necessariamente é sinônimo de sustentabilidade, enquanto a legislação pretende impedir um impacto ambiental negativo por meio da aplicação das normas, a sustentabilidade, além disso apresenta uma proposta de produção e consumo mais consciente. Entretanto, o diferencial neste caso se torna as pequenas atitudes individuais que juntas representam a solução de um grande problema ambiental o qual já estamos sofrendo consequências. Que sendo colocado em pratica por pessoas e pequenas organizações reduzirá drasticamente a extração da matéria prima, seja lá qual for, na ponta do sistema produtivo, conservando a cadeia produtiva e seus beneficiários através de um modelo consciente de produção. 

ITENS A AVALIAR NA MINHA EMPRESAPOSSÍVEIS BENEFÍCIOSDICAS
É feita a separação do “lixo” de banheiros, da cozinha e do sistema produtivo? Se sim, está sendo destinando em separado?Este pequeno ato/gesto pode impactar diretamente na cadeia de armazenamento, transporte e disposição final dos resíduos, inclusive no aumento da vida útil de nossos aterros.Além de separar os tipos de resíduos é muito importante possuir um local destinado para compostar o material orgânico que além de enriquecer o solo pode favorecer o crescimento do seu próprio alimento.
Existe alguma orientação sobre o uso da energia elétrica?Atitudes de economia de energia, farão com que sua conta fique mais barata e indiretamente isso afetará a diminuição dos recursos necessários para produzi-la.Além de uma orientação educativa, pode ser colado adesivos nos interruptores e solicitar ao usuário que desligue a luz ao sair. Ou ainda,  desligar os aparelhos eletroeletrônicos ao deixar de usar em vez de deixá-los em stand-by, isso pode significar uma economia de até 12% em sua conta de energia.
Sabemos como os resíduos do processo produtivo são armazenados, transportado até o e seu destino final?Reduzir/Reciclar tudo que for possível é a forma mais eficiente de gerenciar nossos resíduos.Utilize fóruns e sites da internet para procurar um possível usuário do seu resíduo. Diferentemente de alguns anos atrás, hoje grande parte do material resultante do processo produtivo possui forma de reuso.
Existe alguma orientação com o correto uso da água tratada a qual recebemos da companhia de saneamento?Essa riqueza com “pitadas” de tratamento físico/químico e biológico que recebemos em nossas torneiras infelizmente ainda é usada para levar nossos dejetos embora. Qualquer litro economizado representa muito para o meio ambiente como um todo.Neste caso o modo mais eficaz de reduzir o consumo de água e geração de efluente é através da conscientização dos usuários, ação está dificultada pois geralmente envolve quebra de paradigmas.
Existe alguma iniciativa para promover responsabilidade ambiental entre os colaboradores?Este item pode significar muito para sua empresa em termos financeiros e de como é visto entre clientes e fornecedores. Adotar princípios de sustentabilidade pode ser um grande diferencial entre seu concorrente.Realizar trabalhos educativos em eventos da empresa, além de desenvolvimento de atividades e materiais elucidativos, costuma ser eficiente. É notável o ganho em atividades que envolvem as famílias dos colaboradores.
As lâmpadas na minha empresa são incandescentes?Independente da fonte de energia, a utilização de lâmpadas “verdes” é um bom investimento ao médio e longo prazo, dependendo de alguns fatores.Utilização de painéis solares, troca de lâmpadas e aparelhos, mas eficientes pode ser uma solução imediata.
Usamos muitos materiais descartáveis, como copos, canudos, luvas, entres outros?Chamados por muitos como o grande vilão dos mares o plástico denota grande preocupação por atingir o fim do ciclo muito rápido. Pelo preço praticado no mercado nos produtos relacionados ao plástico torna a variável financeira quase que imperceptível, contudo é considerável a importância de medidas alternativas com relação ao seu uso.Copos de vidro, garrafas de água duráveis, o não uso de canudos, embalagens recicladas, são dicas que podem tornar a sua empresa uma amiga do meio ambiente.
Você conhece a origem dos produtos que utiliza? Como chegam até sua empresa e de onde são extraídos?Aliado ao diferencial preço, na hora de comprar um produto sua cadeia produtiva deve ser analisada. O produto utilizado no processo é de inteira responsabilidade do fabricante até incorporar ou fazer parte do seu produto. Deste ponto em diante é sua responsabilidade também.Chamamos atenção para produtos de limpeza e higiene. Existem muitas marcas extremamente nocivas ao meio ambiente é que podem ser substituídas por produtos orgânicos e da região. Sem dúvidas, é uma contribuição significante para a natureza.

Respondendo de forma transparente algumas destas questões você estará apto, independentemente das questões legais, a praticar princípios de sustentabilidade em sua atividade. Como podemos observar, a grande maioria das dicas não exigem uma quantidade expressiva de recursos financeiros para serem colocadas em pratica, tendo em vista que poder ser implantadas em separado ao seu tempo, onde a sustentabilidade pode e deve ser uma bandeira da sua atividade, usar isso a seu favor, com propriedade, pode favorece-lo perante clientes e fornecedores.

Portanto, aplicar as práticas sustentáveis não deve ser engajada como um custo para o desenvolvimento de sua empresa, mas sim um aliado a curto prazo, trazendo benefícios que antes pareciam ocultos, isso é uma revolução no mercado que apresenta consumidores cada vez mais crítico e conscientes de suas de seus bens de consumo. Para permanecer ou chegar ao topo é necessário inovar em todas as áreas, contudo, a questão ambiental demonstra ser uma perspectiva promissora.  Na esfera pessoal, tais atitudes trazem consigo a sensação de dever cumprido com relação a responsabilidade que temos como cidadãos convivendo em harmonia com o meio ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo